Dicas Por , em 6 de fevereiro de 2015

Você está preocupado em passar por uma anestesia geral?

A anesteisa geral possui 4 fases: Pré-Medicação, Indução, Manutenção e Recuperação.

A fase de Pré-Medicação é feita para que o paciente chegue ao ato cirurgico calmo e relaxado. Normalmente é admininstrado um ansiolítico (calmante) de curta duração, como o Midazolam, deixando o paciente já com um grua leve de sedação. Deste modo, ele entra na sala de operação sob menos estresse.

A fase de Indução é normalmente feita com drogas por via intravenosa, sendo o Propofol a mais usada atualmente. Neste momento o paciente já apresenta um grau importante de sedação. P paciente, então, precisa ser intubado e acoplado a ventilação mecânica para poder receber oxigenação adequada e não aspirar suas secreções.

No início da fase de Manutenção as drogas usadas na indução, que tem curta duração, começam a perder efeito, fazendo com que o paciente precise de mais anestesicos para continuar o procedimento. Nesta fase, a anestesia pode ser feita com anestésicos por via inalatória ou por via intravenosa.

Quando a cirurgia entra na sua fase final, o anestesista, começa a reduzir a administração das drogas, já planejando uma cessação da anestesia junto com o termino do procedimento cirurgico. Nesta fase de Recuperação, novamente analgésicos opioides são administrados para que o paciente não acorde da anaestesia com dores no local onde fio cortado.

Últimas Notícias

Saiba as últimas novidades do Instituto Maxilo Facial.

Receba nossa Newsletter